Páginas

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Guanandi: baixo custo e alta rentabilidade

Guanandi: baixo custo e alta rentabilidade

NEWS - IBFlorestas
  Londrina - Paraná - Newsletter 57
  Dia 29 de Julho - 2010
   
   
Guanandi: baixo custo e alta rentabilidade

O Guanandi é a primeira "Madeira de Lei" do país, tendo recebido decreto imperial brasileiro em 1835. Desde então, a intensa exploração quase o extinguiu. Segundo o pesquisador Paulo Ernani Carvalho, da Embrapa Florestas, essa espécie arbórea é viável comercialmente por se adaptar bem a todas as regiões do país, até às áreas mais secas. Outra vantagem é que o Código Florestal permite seu plantio e corte.

A cotação, hoje, é em torno de R$ 2 mil o metro cúbico. Embora o tempo de corte seja o mesmo do eucalipto, o guanandi vale cem vezes mais. O investimento para quem já tem a terra é apenas com as mudas e plantio. O gasto com manutenção, em 18 anos, é baixo, em torno de R$ 9 mil por hectare ou R$ 500 ao ano por hectare. Considerando que, ao fim dos 18 anos, o aproveitamento é de 300 árvores por hectare e que cada árvore rende cerca de 1 metro cúbico, é possível ter rendimento de até R$ 600 mil por hectare.

Fonte de dados: Jornal O Estado de São Paulo

Adquira mudas de Guanandi

Semente de GuanandiO viveiro IBF está disponibilizando mudas pré-germinadas de Guanandi com 3 a 10 cm.

Estas já estão aptas para desenvolvimento em sol pleno e são muito utilizadas pelos viveiristas, por acelerar o processo de formação das mudas. A floração se dá entre os meses de setembro-novembro e a frutificação no período de abril-junho.

Vendas com nossa consultora
Contato: Neiva
neiva@plantearvore.com.br
43 3324 7551


Adquira o livro de Harri Lorenzi

Amigos Viveiristas
Apoio: Plante Árvore Aluminox Remade Equipesca Brahman Mercado Florestal
. . . . . .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário